Volta às aulas e adaptação das crianças.

O início do ano letivo traz sempre um misto de emoções, especialmente para as famílias que estão enviando seus pequenos para a escola pela primeira vez.

Segundo Sánchez, Martinez e Peñalver, “a família é, para a criança, o primeiro núcleo de convivência e de atuação.” Parafraseando Lopez, elas também destacam que: “para as crianças, não é adequada qualquer tipo de relação, ou qualquer tipo de escola, mas aquelas que lhes permitem encontrar respostas às suas necessidades mais básicas.”
Elas afirmam que por isso mesmo “é importante que essa separação do meio familiar seja bem vivida, que a criança se sinta segura, que saiba que não é “abandonada” em um ambiente desconhecido.”

A maneira como a criança percebe e vive essa separação influirá em seu estado emocional, aumentando ou diminuindo sua disponibilidade para acessar novas experiências.

A dica para as famílias e para a escola é: criar um clima no ambiente educativo que permita à criança tomar consciência de que ela existe, a partir de suas próprias experiências. Por isso, o educador deve organizar as atividades a partir do interesse da criança, dos jogos e atividades pelos quais ela manifesta interesse ou curiosidade, levando em conta seu grau de maturidade afetiva e cognitiva.

Portanto, a semana de adaptação da criança ao colégio deve promover ampla oferta de atividades que se relacionem com as várias inteligências e que transitem pelos vários níveis de habilidades e processos do cérebro.

Faz-se, sobretudo, extremamente necessário que os educadores sejam receptivos e acolhedores. Esse acolhimento manifesta-se na capacidade do educador de observar e refletir sobre cada aluno, lembrando-se, especialmente, de que cada um é uma pessoa, um ser único e irrepetível.

As escolas de Educação Personalizada, entre as quais, o Navegantes, trabalham sobre esse fundamento. As bases que inspiram nosso ideário são antropológicas e filosóficas, apoiadas sobre o personalismo.

As atividades propostas diariamente, o encorajamento para que a criança se torne o protagonista de seu aprendizado, e um ambiente de cortesia e respeito, garantem um espaço seguro e confiante para que as crianças possam se desenvolver em todas as dimensões de seu ser “pessoa”.

Quer saber mais sobre nosso projeto e nosso ideário? Agende uma visita!