Em: https://educayaprende.com/10-pautas-para-educar-con-disciplina-positiva/

Acesso em 01/11/19

voto )

Tradicionalmente, a educação das crianças utiliza disciplina punitiva, baseada na punição, que causa efeitos negativos (ressentimento, vingança, rebelião e redução da autoestima). Em contraste, é oferecida disciplina positiva , baseada no respeito que propõe envolver a criança, promovendo seu autocontrole e auto-estima , tornando-a responsável e respeitosa .

Para educar as crianças, é necessário disciplina . Os pequenos precisam saber o que podem e o que não podem fazer. Aprender que eles são responsáveis ​​por suas ações e que toda ação, portanto, tem uma consequência. A disciplina os ajuda a aprender as maneiras certas de se comportar e agir. Nos primeiros anos, a existência de disciplina e normas lhes dará segurança , pois eles terão um guia para saber como agir.

Mas não devemos entender a disciplina como uma simples imposição de normas, regras e maneiras de agir.

A disciplina deve ser um meio para o desenvolvimento saudável e feliz das crianças, uma maneira de ensiná-las a serem autônomas e responsáveis, que não prejudique sua auto-estima e não cause reações negativas.

A disciplina positiva é baseada no respeito e visa promover o amadurecimento das crianças, para que sejam adultos responsáveis, autônomos e felizes.

Base para educar com disciplina positiva

  • Colaboração
  • Responsabilidade e autonomia.
  • Doçura e compreensão.
  • Clareza sobre as regras.
  • Envolvimento das crianças.
  • Liberdade de ação
  • Desenvolvimento saudável e feliz.

 

 

Benefícios de educar com uma disciplina positiva

 O objetivo da disciplina positiva é que as crianças compreendam e compartilhem o significado das regras. Que eles entendam que suas ações têm consequências e que agem livremente com base nesse conhecimento.

Se usarmos outro tipo de disciplina: a punitiva; o pequeno agirá da maneira correta, porém, guiado pelo medo, em vez de entender por que ele deveria agir assim.  

Se não estimularmos o entendimento da criança, quando o fator que ela teme for eliminado, ela agirá como bem entender, porque não entenderá que é responsável por suas ações, não entenderá as regras e não saberá analisar e avaliar as consequências.

10 diretrizes para educar com disciplina positiva

  1. Entenda a criança. Coloque-se no lugar dela, identifique as crenças e sentimentos que estão por trás de seu comportamento, entenda as razões pelas quais as crianças fazem o que fazem e trabalhe para mudar essas crenças, em vez de simplesmente tentar mudar o comportamento.
  2. Ajude-a a pensar, raciocinar e decidir seu comportamento racionalmente, não apenas emocionalmente.
  3. Aja como um exemplo para a criança. Os pequenos aprendem muito mais com o que veem do que com o que ouvem.
  4. Estabeleça os objetivos do comportamento que quer alcançar, envolvendo a criança,e elabore um plano de consenso para alcançá-lo.
  5. Seja firme em suas decisões, limites e normas, mas com bondade e carinho.
  6. Dialogue com a criança,permitindo-lhe explorar as consequências de suas decisões, usando o erro como fonte de aprendizado (através de perguntas e reflexão, em vez de punição para pagar por seu erro).
  7. Concentre-se nas soluções,e não apenas no problema, fazendo com que a criança participe delas.
  8. Desenvolva sua autonomia,estimule-o a entender que é uma pessoa capaz de decidir.
  9. Critique a ação e não a pessoa. Devemos prestar atenção à autoestima dos pequenos.
  10. Coloque “de castigo”, se necessário,mas sempre com respeito e sem transmitir medos.